Cinema com TPC

h_4_ill_1041745_entre-murs

“Ce que vous avez appris cette année?”

(O que é que aprenderam este ano?)

Só ontem tive oportunidade de ver Entre les murs/A Turma, de Laurent Cantet. Se as expectativas era altas o vencedor da Palma de Ouro para melhor filme na 61ª edição do Festival de Cinema de Cannes não desapontou em absoluto. Foi aliás o segundo filme francês que vi esta semana, e sendo os dois bons filmes são totalmente distintos. A começar pelo que um tem em texto e não tem em fotografia e vice-versa. Sendo um filme sobre a tensão que caracteriza o dia-a-dia de uma turma num liceu parisiense, baseado no romance autobiográfico do também actor principal François Bégaudeau, A Turma é ao mesmo tempo realista e metafórico. Na claustrofobia do título, as quatro paredes da sala de aula, Contet espelha a sociedade num microcosmos de sensibilidades e éticas num jogo de dialéctica absolutamente delirante.

Teórico e existencialista, La Frontière de L’Aube/A Fronteiro do Amanhecer, de Philippe Garrel, é belo mas desilude. Com uma fotografia irrepreensível, ajudada pela eterna magia do preto e branco, a construcção do melodrama romântico tem algumas lacunas que provocam involuntários azedumes na boca ao longo do filme. Uma ou outra confusão temporal, interpretações duvidosas (Laura Smet), uma história de amor sem sorrisos, pouco credível para a intensidade que quer passar. Enfim, bonito de ver – a começar pelo filho pródigo, Louis Garrel, no papel principal – mas não fica como referência. Ao contrário da obra de Cantet, capaz de fazer história. Uma lição de cinema que nos faz sair da sala (de aula ou de cinema?) a pensar. Sobretudo no pretérito imperfeito.

photo-la-frontiere-de-l-aube-2007-12

Tu connais la loi des essuie-glasses? L’amour est comme ça. Lorsque l’un se rapproche, l’autre s’éloigne.”

(Conheces a lei do limpa-vidros? O amor é assim. Quando um se aproxima, o outro afasta-se)
Advertisements

About Filipa Queiroz

Jornalista. Nascida em Coimbra, criada em Braga e a viver em Macau.

One comment

  1. Quero muito ver o filme do Garrel…

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: