Jovem premiado

« acaba comigo que me falha a lembrança
e restas-me como a folha que esteve para cair
e que só não caiu porque o mundo acabou antes do Outono»

João Negreiros

O director artístico do Teatro Universitário do Minho foi laureado com o Prémio de Poesia Nuno Júdice 2009 pelo trabalho “arranha os céus e chove”. Foi o 5º prémio que o autor de 32 anos recebeu no Brasil e em Portugal nos últimos 6 meses. E a poesia dele chega este mês a dez palcos lusos. É de ficar atento. O programa está aqui.

Advertisements

About Filipa Queiroz

Jornalista. Nascida em Coimbra, criada em Braga e a viver em Macau.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: