E se eu dissesse que agora estou a ter aulas de cantonês?

Diriam: é doidinha.

Pois bem, reuniu-se toda uma conjuntura favorável. Nomeadamente: a gratuicidade do curso, o facto de não ter de me deslocar do meu local de trabalho para o fazer, porque é muito mais útil no meu dia-a-dia, além de ter a oportunidade de ouvir a língua e praticar a toda a hora (algo essencial e que, mesmo assim, coiso).

E pronto, à segunda aula posso assinalar com toda a veemência: estava a brincar, mandarim é que é para meninos.


Advertisements

About Filipa Queiroz

Jornalista. Nascida em Coimbra, criada em Braga e a viver em Macau.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: