A noite em que os chineses aprenderam a dizer ‘nadabrovitchka’

.

E a dançar ao som do bambuleco e da kalachakra. Os Blasted Mechanism mostraram ontem que continuam em grande forma e que sabem dar um bom espectáculo seja onde for e para quem for. Singelos na indumentária como no conteúdo, como de costume, estrearam-se em Macau através do Festival Internacional de Música e com direito a um palco bastante especial. O lago Nam Van encheu-se de cor ontem à noite, embalado pelo ritmo do didgeridoo, com os casino e os edifícios iluminados de fundo e uma aura ao mesmo tempo familiar e diferente no ar.

.

Advertisements

About Filipa Queiroz

Jornalista. Nascida em Coimbra, criada em Braga e a viver em Macau.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: